Como se proteger dos ciberataques

Com a pandemia, a maioria de nós passou a usar os computadores para praticamente tudo. Desde estudar até trabalhar, nossa rotina diária saiu do mundo físico para entrar de cabeça no virtual.

Toda essa alteração trouxe muita comodidade, já que não precisamos mais gastar horas em deslocamentos para chegarmos à escola, universidade ou mesmo ao trabalho.

Compras podem ser feitas em poucos segundos e tudo é entregue em nossa casa: do café da manhã à ração de nosso cachorro, passando também por remédios e as compras do supermercado.

Mas, com o uso cada vez maior da internet e a troca de informações, muitas delas sensíveis, mais os cibercriminosos estão se aperfeiçoando, para obter o maior número possível de dados.

Esse cenário tem afetado a todos, desde usuários corporativos até aqueles pessoa física, como você e eu, que utiliza seu computador apenas para tarefas cotidianas.

Com todo esse cenário de insegurança é preciso redobrar os cuidados para não ser vítima de um ciberataque e ver suas informações pessoais nas mãos de terceiros ou, ainda, todo o dinheiro de sua conta bancária ser sacado em questão de segundos.

Prejuízos para as empresas

Se para um usuário comum ser vítima de um ciberataque é uma tremenda dor de cabeça, para uma empresa pode até mesmo ser um prejuízo milionário. Isso porque alguns tipos de ataques impedem que o empreendedor tenha acesso ao seu próprio sistema, que será liberado apenas mediante o pagamento de um regaste.

Sim, você não entendeu errado. Cibercrimosos tem se utilizado de vírus para sequestrar sistemas corporativos, bloquear o acesso dos donos e roubar arquivos, devolvendo os dados ou liberando a rede apenas se receberem dinheiro, ou bitcoin, de volta. É o sequestro nos tempos da internet.

Por isso, é fundamental redobrar os cuidados para evitar cair nesse tipo de armadilha. Isso é possível seguindo as dicas que trouxemos aqui.

Use sistemas originais

Algumas vezes, as pessoas e até mesmo as empresas optam por sistemas e programas “piratas”, seja pelo preço ou a dificuldade de encontrar esse produto por um valor que caiba em seu orçamento, o que é um prato cheio para o hacker, que vê ali uma porta aberta para que possa entrar em seu sistema.

Uma alternativa para que isso não aconteça é utilizar apenas sistemas originais, que precisam ser atualizados sempre. Aqui, basta deixar habilitado o recurso de

atualização automática ou, ainda, verificar regularmente se existem atualizações de segurança disponíveis.

Tenha sempre um bom antivírus

Usar um computador que não conte com proteção para antivírus é como deixar a porta de sua casa destrancada e rezar todas as noites para que ninguém invada sua casa. Então, para evitar surpresas, tenha um bom antivírus em suas máquinas.

Mantenha o backup sempre em dia

Outro cuidado importante é manter sempre em dia o backup de seus dados. Procure sempre manter essa cópia de segurança em um outro computador ou mesmo fora de sua rede. O ideal, aliás, é manter seu backup em um HD externo que fique desconectado de seu computador ou, ainda, salvo em nuvem.

Visits: 5895